Pachinko 3

Bingos ajudam a pensar mais rápido.

Escrito em: Notícias, Video Bingo

O jogo pode deixar de ser passatempo para se tornar um tratamento médico.
O bingo pode no futuro, deixar de ser passatempo e se tornar tratamento médico. Segundo um estudo da Universidade de Southamptom o jogo faz as pessoas pensarem mais rápido e ficarem mais alerta. Ao contrário do xadrez e dos jogos de carta (outras preferências dos vovôs), que exigem habilidades guardadas no cérebro e que são relembradas quando necessárias.
Julie Winstone, a chefe do grupo de pesquisadores, desse que os “jogadores” se deram melhor que os outros em testes que medem a velocidade mental, a habilidade de procurar informações e a memória. O benefício é tal que jogadores mais idosos tiveram desempenho melhor do que as pessoas mais jovens que não praticam o jogo. Julie disse que qualquer atividade mental ou física é proveitosa.
“Todavia, o bingo envolve a busca por dígitos, fator particularmente sensível no processo de envelhecimento. No bingo, é muito importante não perder um número e é necessário manter a atenção por várias horas. A concentração, notamos, declina com a idade, e o bingo pode ajudar os idosos a sustentar sua atenção por mais tempo”, explicou.
Ela recrutou 12 pessoas – a metade de “jogadores” – e as dividiu em grupos de 18/40 anos e de 60/82 anos. “Eu os coloquei para identificar em uma cartela dígitos simples, em pares ou em trios. Os jogadores mais velhos foram os mais rápidos e cometeram menos erros que os outros”, explicou Julie.
Saber Mais – Vinicius Bastiani

FONTE: BNL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *